Dás explicações? Consegue novos explicandos!
Inscreve-te como Explicador(a) no Estudante.com para apareceres no directório de explicadores.

Top 9 motivos para te inscreveres num clube ou associação

Clube de basquetebol

A experiência universitária deve ser vivida dentro e fora da sala de aula – se te limitares a ir de casa para a faculdade e vice-versa, podes chegar ao fim da licenciatura só para olhar para trás e verificar que não aproveitaste realmente tudo aquilo que a vida académica tem para oferecer. Desde clubes desportivos, de leitura e de coleccionismo, a associações de teatro, xadrez e fotografia, existem opções para todos os gostos e estes são os top 9 motivos pelos quais deves ir já inscrever-te num deles.

  1. Convívio social. Pertencer a um clube ou associação universitária é uma das melhores formas de conheceres pessoas novas e, em especial, pessoas que partilham os mesmos interesses que tu. Para além disso, facilita muito a vida aos caloiros, que muitas vezes chegam à faculdade sem conhecer uma única pessoa.
  2. Desenvolvimento pessoal. As associações e clubes vibram com o espírito de equipa, sem esquecer o crescimento pessoal de cada um dos seus membros. Num ambiente como este, onde todos trabalham para o mesmo objectivo, vais encontrar todo o apoio necessário para desenvolveres e seres bem-sucedido em qualquer projecto. Para além disso, é um óptima forma de aprenderes a gerir o teu tempo.
  3. Experiências reais. Mais do que te manteres protegido e confinado às salas de aulas, as associações académicas proporcionam-te experiências reais, sempre em contacto com os teus hobbies e áreas de interesse preferidas. Irás aprender a contribuir individualmente para um colectivo de pessoas, a trabalhar em grupo, a organizar actividades e eventos, passando projectos do papel para a prática.
  4. Valorização pessoal. Ser membro de uma associação ou clube de estudantes é uma aprendizagem constante e, para além de aperfeiçoares as técnicas e tácticas do jogo, a arte de representar ou de tocar numa banda, vais conhecer-te melhor, descobrir os teus talentos e capacidades e valorizar-te mais por isso.
  5. Irmandade especial. Estar ligado à uma associação académica é uma experiência única na vida, onde sobressaem os sentimento de pertença e laços que dificilmente conseguirás estabelecer com outras pessoas, principalmente aquelas que não partilham os mesmos passatempos e paixões que tu.
  6. Networking positivo. Para além de um ponto de encontro entre novos e velhos amigos e o convívio social que tudo isso proporciona, ser membro deste tipo de clubes coloca-te em contacto com um sem número de pessoas que, de outra forma, dificilmente conhecerias – professores, treinadores, artistas, atletas, patrocinadores, apoiantes, fãs, pessoal de outras universidades.
  7. Sensibilização pública. Ser membro de um clube universitário é a tua oportunidade para participares em algo que possa educar e sensibilizar a população (e não exclusivamente a estudantil) para um assunto em específico. É sempre gratificante participar em algo nobre e com um importante impacto social.
  8. Voluntariado. Pode ser uma excelente maneira de trabalhares directamente com pessoas mais necessitadas, pessoas que não tiveram o privilégio de estudar como tu, mas que vibram só com a presença, o apoio e o carinho de quem se entrega ao voluntariado. Nunca sonhaste poder mudar o mundo? Este é um excelente ponto de partida.
  9. Nota positiva para o currículo. É sempre bom teres um currículo recheado de actividades extracurriculares nas quais participaste activamente e de forma contínua ao longo de todo o curso. Quando começares a procurar o teu primeiro emprego, os teus potenciais empregadores terão à sua frente um recém-licenciado que fez muito mais do que cingir-se às aulas e às noites académicas. Acima de tudo, vais sentir que aproveitaste ao máximo os teus anos universitários.
A sua votação: 
Média: 5 (2 votos)