Dás explicações? Consegue novos explicandos!
Inscreve-te como Explicador(a) no Estudante.com para apareceres no directório de explicadores.

Mensagem de erro

Strict warning: Only variables should be passed by reference em mulpo_preprocess_page() (linha 3 de /home/cde/public_html/sites/all/themes/mulpo/template.php).

Como poupar dinheiro em alimentação quando se é estudante

Frigideira

A vida de estudante é regida por uma mesada, que tem de se esticar em várias direções e preferencialmente durar até ao final do mês. A alimentação pode ser uma das fatias mais caras do orçamento mensal de um estudante, mas não tem de ser. Estas dicas simples vão ajudar-te a poupar dinheiro em alimentação, sem passar fome ou abdicar de refeições saudáveis.

Come em casa. Uma das regras de ouro no que toca a poupar dinheiro em alimentação quando se é estudante (e para qualquer pessoa em geral) passa por comer em casa. As refeições ficam sempre mais económicas em casa e, no caso de partilhares a casa com colegas, se cozinharem em conjunto e consequentemente dividirem as despesas da alimentação, mais barata fica ainda.

Comer fora. Se tens obrigatoriamente de comer fora, já sabes que o local mais económico para um estudante almoçar ou jantar é a cantina da universidade. Para além disso, podem existir muitos cafés e restaurantes nos arredores da faculdade que têm refeições a preços económicos, ou seja, especificamente pensadas para os estudantes. Se optares por ir jantar sempre ao mesmo restaurante, fala com o dono – pode ser que ele te faça um “preço de amigo”. Existem também muitos restaurantes que aceitam cartão de estudante, dando-te um desconto em cada refeição – não te esqueças de perguntar sempre!

Comidinha da mamã. De vez em quando as saudades de casa apertam, incluindo as das refeições caseiras preparadas pela mãe! Pede à tua mãe para te fazer o teu prato preferido durante o fim de semana em quantidades generosas, reparte em tupperwares e quando chegares à tua casa universitária congela para teres sempre refeições económicas à mão.

Nem carne, nem peixe. A carne e o peixe são dos alimentos mais caros, por isso, para tentar poupar algum dinheiro nesse sentido, porque não fazer uma refeição vegetariana por semana? É também uma ótima maneira de experimentar outros tipos de cozinha!

Leva o almoço para a universidade. Pode ser algo simples como umas sanduíches, um sumo, um iogurte e uma ou duas peças de fruta. Não tens de fazer isto todos os dias, mas se combinares com os amigos um dia por semana para levarem o almoço de casa e fazerem um piquenique ao ar livre, já estás a poupar dinheiro e ainda por cima a fazer um programa diferente com os colegas.

Evita o bar da faculdade. Um café aqui, uma garrafa de água acolá, mais dois ou três bolos e a carteira começa a esvaziar-se à custa do bar da faculdade. Apesar destes bares até terem preços simpáticos, se levares o lanche de casa, acabas sempre por poupar dinheiro em alimentação. Antes de saíres de manhã mete na mochila um pão com queijo, um leite achocolatado, um pacote de bolachas, uma peça de fruta, um iogurte líquido, uma barra de cereais…

Aproveitar os alimentos. Evita deitar alimentos fora, ou seja, se sobrou muita comida do jantar aproveita-a para confecionar o almoço ou o jantar do dia seguinte. Existem várias formas de aproveitar e assim poupar o dinheiro de uma refeição extra. Se vires que tens comida a mais e não a vais conseguir comer nos próximos dias, congela!

Cabaz caseiro. Se os teus pais têm por hábito encher-te o saco de comida antes de voltares para a universidade, aproveita… são menos alimentos que terás de comprar e uma forma fácil de poupar dinheiro na universidade.

Compras económicas. Poupar na alimentação quando se é estudante também implica fazer compras inteligentes, ou seja, faz um menu semanal e respetiva lista de compras e no supermercado cinge-te a essa lista; evita comprar mais alimentos do que aqueles que vais consumir numa semana (especialmente fruta, legumes e produtos com datas de validade curtas) para evitar deitar comida e dinheiro fora; opta por produtos de marcas brancas porque são sempre mais baratos e igualmente bons.

Aprende a cozinhar refeições saudáveis e económicas. Não há melhor altura para aprender a cozinhar do que os anos de estudante e existem inúmeras refeições fáceis, económicas e saborosas que qualquer estudante universitário pode rapidamente aprender a fazer. Pesquisa receitas low-cost online, deita mãos à obra e delicia-te com as tuas experiências gastronómicas enquanto poupas dinheiro.

A sua votação: 
Média: 4.7 (18 votos)