Dás explicações? Consegue novos explicandos!
Inscreve-te como Explicador(a) no Estudante.com para apareceres no directório de explicadores.

Mensagem de erro

Strict warning: Only variables should be passed by reference em mulpo_preprocess_page() (linha 3 de /home/cde/public_html/sites/all/themes/mulpo/template.php).

8 dicas para conhecer pessoas novas

Amigos na universidade

Apesar de toda a sua dinâmica e protagonistas, a universidade pode ser um local muito solitário, principalmente para quem, como tu, acabou de chegar. Do teu círculo de amigos do liceu, cada um seguiu o seu caminho e à tua frente está a necessidade de travar novos conhecimentos, num ambiente completamente diferente. Não te preocupes, não é tão difícil como parece.

  1. Fora de casa. Estás proibido de te fechar em casa todos os dias depois das aulas para jogar Playstation ou ver séries non-stop. Há tanto que fazer na universidade – desde clubes, a aulas extracurriculares, passando por desportos colectivos, jornais e grupos de teatro – e todas essas actividades são perfeitas para travar novas amizades. Não é fácil entrar numa sala cheia de pessoas desconhecidas e apresentar-te, mas é uma excelente maneira de conhecer jovens que partilham os mesmos interesses que tu.
  2. Dentro de casa. Se viveres na residência universitária, experimenta deixar a porta do teu quarto aberta – quem estiver a passar pode perfeitamente sentir-se convidada a parar e a apresentar-se. Em alternativa, faz questão de frequentar a cozinha e a sala comum em “hora de ponta” para conhecer todos os outros estudantes que vivem no mesmo sítio que tu. Se viveres com outras pessoas, tanto melhor – serão, certamente, os teus primeiros amigos!
  3. Amigos da praxe. Nem todos os jovens encaram a praxe ou o facto de serem “caloiros” e estarem à mercê dos “doutores” com grande entusiasmo – ou porque são anti-praxe e consideram estas brincadeiras infantis e de mau gosto, ou porque simplesmente são tímidos e têm vergonha do que lhes pode suceder. Vê o lado positivo: estão todos juntos, na mesma situação, que é perfeita para se conhecerem e se divertirem nesses primeiros dias de universidade. 
  4. Toma a iniciativa. Podes sentir-te desconfortável ou envergonhado em meter conversa com alguém ou em apresentar-te, mas o mais certo (principalmente se este for o primeiro ano de faculdade) é estarem todos no “mesmo barco”. Existem milhares de maneiras de iniciar uma conversa e, se não experimentares, podes estar a deixar passar ao lado um possível novo amigo. Se a pessoa não se mostrar muito interessada, não leves a mal e passa para outra – não falta gente simpática à procura de amigos na universidade!
  5. Convive. Mesmo que já te estejas a dar muito bem com os teus dois colegas de casa e saem juntos para todo o lado, não fiques por aí – se estiverem num bar e um deles encontrar alguns colegas de turma aproveita para conhecê-los; se vires a delegada da tua turma, vai ter com ela e faz questão de conheceres as amigas com quem está…
  6. Não julgues sem conhecer. Na universidade vais estar exposto a muitas pessoas, vindas dos mais variados lugares, com as mais diversas histórias e estilos de vida, por isso, não julgues alguém pela sua aparência ou primeira impressão. A experiência universitária é nova para todos, por isso, deves encará-la com abertura e o mesmo aplica-se às pessoas. Quem sabe não está, na pessoa que menos esperas, uma possível grande amizade?
  7. Pequenos truques. Algumas dicas para facilitar o conhecimento de novas pessoas, estimular o networking e solidificar futuras amizades passam por sorrir muito e manter o contacto visual (mostra que és confiante e as pessoas vão querer conhecer-te); memorizar os nomes de quem conheces (nem sempre é fácil, mas quem não gosta de saber que o seu nome é lembrado?); mal chegues a uma aula ou reunião do clube onde te acabaste de inscrever, mete logo conversa com alguém, nem que seja para perguntar as horas ou se já é membro há muito tempo (é melhor do que estar encostado a um canto sozinho).
  8. Sê quem tu és. A vontade de te integrares no mundo universitário, fazer amigos e ser popular pode ser tão importante para ti que até te sujeitas a dizer e a fazer coisas que normalmente não farias. Esconder-te por de trás de máscaras, fingindo que és outra pessoa só para agradar a alguém ou para não ficar sozinho, não é a melhor solução para travar amizades duradouras. Mantém-te fiel a quem realmente és, o resto virá com o tempo.
A sua votação: 
Média: 4.1 (94 votos)